Por que MANCHAMOS MAIS em determinadas áreas do rosto e do corpo?

1 de novembro de 2021

Nenhum Comentário

Olá, como estão vocês laluxas lindas?

Estou ótima, graças à Deus e espero que todas vocês estejam bem.

Já faz um tempo que eu tenho vontade de compartilhar aqui no nosso Espaço laluxo a resposta de uma pergunta frequentemente feita por vocês a mim lá no meu Instagram Maire Sousa …

PERGUNTA:

PORQUE MANCHAMOS MAIS EM DETERMINADAS ÁREAS DO CORPO E DO ROSTO?

RESPOSTA:

por conta do ESTIMADO NÚMERO DE MELÁNOCITOS EPIDÉRMICOS  POR MM2 presentes nas seguintes áreas:

  • TESTA 2 100
  • BOCHECHA 2 900
  • NARIZ 1 900
  • PESCOÇO 1 600
  • TRONCO 890

Invest Dermatol 81: 543 -545

Estimativa de melanócitos epidérmicos por mm2 na testa, nariz e bochechas – Maire Sousa

Para que não sabe ainda o que são MELANÓCITOS, melanócitos são tipos de células presentes na pele responsáveis pele produção de melanina (pigmento escuro que mancha a pele), então quando a pele sofre algum tipo agressão   esses melanócitos reagem produzindo melanina para proteger a pele.

Estimativa de melanócitos epidérmicos por mm2 no pescoço e tronco – Maire Sousa

Normalmente nas áreas frontal (testa) e malar (bochechas) são as primeiras áreas do rosto em que as manchas escuras (melasma)  surgem, isso porque as quantidades de melanócitos epidérmicos nessas áreas são maiores e também porque são áreas que recebem uma maior incidência da radiação solar.

O meu melasma surgiu primeiro na bochecha direita, depois na bochecha esquerda e depois de um certo tempo ele (melasma) surgiu na testa e por último embaixo da região dos olhos e não esquecendo do colo (tronco).

Em que áreas do rosto e do corpo surgiram seu melasma? Compartilhe conosco!

Além dessas áreas que mais mancham, ainda temos uma outra área do corpo que também mancha bastante e minhas pacientes durante a consulta feita por mim solicitam minha ajudar para clarear, então será que você que irá ler esse post saberá qual  essa área que também incomoda bastante as mulheres?

Espero que nesse post eu tenha compartilhado com vocês uma informação valiosa sobre melasma e para quem acessar esse post receba beijinhos carinhosos e até o próximo post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *